sexta-feira, 20 de maio de 2016

A Marca de Atena

Olá Rockers,
Hoje a maratona continua com o terceiro livro, A Marca de Atena.
Esse é o meu livro favorito, de todos os tempos.
É nele que acontece a tão esperada reunião dos grupos.
Relembrando(...)
Nome: A Marca de Atena
Série: Os Heróis do Olimpo
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Nota: 10/10
Annabeth, Piper, Leo e Jason estavam no Acampamento Meio-Sangue, e Percy, Hazel e Frank estão no Acampamento Júpiter.
O encontro desses dois grupos está sendo planejado por um tempo, pois os perigos eram enormes.
Os gregos e romanos, historicamente não se dão muito bem, por isso as chances de uma guerra eram eminentes.
Recapitulando um pouco a história, Jason, um semideus romano filho de Zeus, foi retirado de seu acampamento e teve sua mente apagada por Hera, enquanto isso Percy passava pela mesma coisa, sendo retirado do Acampamento Meio-Sangue e sendo colocado no Acampamento Júpiter.
O plano de Hera, era unir esses dois acampamentos na guerra contra Gaia, a criatura mais antiga de todas, mãe de praticamente tudo.
Gaia estava se levantando e o único modo de derrota-la era unindo todos os guerreiros possíveis.
Mas existe um problema, os deus tem dois lados (a maioria deles), um lado grego e um lado romano.
Quando os dois lados estão brigando, eles tem uma coisa chamada bipolaridade, esses dois lados entram em conflito, deixando a maior parte deles meio louca e muitas vezes um pouco inúteis.
O lado grego é muito diferente do lado romano, o que faz dos dois acampamentos e dos dois grupos de semideuses também muito diferentes.
Mas enfim, depois de dois livros vendo esses lados separados, agora é a hora de ver essa reunião.
No primeiro capitulo, que é narrado por Annabeth, acompanhamos a chegada ao acampamento e vemos seu desenvolvimento.
Leo, que é filho de Hefesto construiu um barco voador, incrível, que levou Annabeth, ele mesmo, Piper, Jason e o Treinador Hedge (como adulto responsável), ao acampamento romano.
A chegada não foi das mais calmas, pois todos estavam tensos e achando que o outro lado iria atacar.
Annabeth estava mais tensa ainda, pois fazia meses que não via Percy e toda aquela situação não era o cenário perfeito para seu tão esperado reencontro.
Mas todos chegaram a uma solução aceitável para os dois lados.
Como já esperado, Percy correu para Annabeth e ela também correu para ele, os dois se beijaram e ela lhe aplicou um golpe de judo, o derrubando.
Juro que foi a coisa mais incrível da minha vida ler aquilo, a cena mais memorável de todas.
Depois dos nervos acalmados, e muita conversa, como sempre vem problema.
De repente o navio de Leo ataca o Acampamento Júpiter, obrigando a eles fugir.
Um ponto principal desse livro é A Marca de Atena (isso é que é surpresa). Annabeth conta que teve um encontro meio desagradável com sua mãe, no qual ela lhe mandou seguir a Marca de Atena e vinga-la. Annabeth não sabia o que aquilo significava, mas sabia que era importante.
Antes do ataque no acampamento, o Harpia Ella, recitou uma profecia, a qual citava a tão misteriosa marca.
"A filha da sabedoria caminha solitária
A Marca de Atena por toda Roma é incendiaria
Gêmeos ceifaram o anjo da vida, que detém a chave para a morte infinita
A ruína dos deuses se apresenta dourada e pálida 
Conquistada por meio da dor de uma prisão tecida"

Além dessa profecia, Reyna, a pretora do acampamento romano, conta a Annabeth da vez que conheceu um semideus, filho de Atena e que ele estava praticamento louco, na missão de seguir a Marca.
Essas informações só deixam Annabeth mais preocupada e confusa.
Depois do ataque, o barco de Leo está meio que destruído e a partir dali os problemas rolam soltos.
A missão deles era ir para Roma, a original, onde os perigos são muito, muito maiores do que o normal.
Bem, vou deixar que vocês descubram o resto sozinhos.
Por hoje é só.
Bjs e bye Rockers!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Continue lendo

Follow by Email